Artistas

Anabela Malarranha

Data:

Nascida em Évora, em 1974, Anabela Valverde Malarranha iniciou os estudos de flauta transversal na Academia de Música Eborense. Foi distinguida com o primeiro prémio no concurso "Évora Jovem 89" nas classes de solista de música de câmara e nos concursos da Juventude Musical Portuguesa na classe de solista (1990 e 1992).

Concluiu os estudos da Academia de Música Eborense e posteriormente da Escola Profissional de Música de Évora com Nuno Ivo Cruz. Ainda como aluna desta última escola, fez vária digressões pela Itália, Bulgária e Dinamarca, actuando a solo e em música de câmara. 

Frequentou diversos estágios de Verão com a Orquestra das Escolas de Música particulares e com a Orquestra Portuguesa da Juventude, com a qual, em 1995, actuou como solista. Ainda no mesmo ano apresentou-se como solista com a Orquestra Académica Metropolitana. Em Setembro de 2001 actuou como solista com a Orquestra Metropolitana de Lisboa. 

Participou em cursos e classes de aperfeiçoamento de flauta e piccolo (Portugal, Holanda, França, e Espanha), com Rien de Reede, William Bennett, Peter-Lukas Graf, Aurèle Nicolet, Patrick Gallois, Konrad Hunteler, Carlos Brunnel, Patrícia Morris, Vicent Cortvrint e Sebastian Bell. 

Concluiu em 1998 a Licenciatura de Instrumentista de Orquestra – Especialidade Flauta transversal – da Academia Nacional Superior de Orquestra, com Ellen Freyer e Sandra Pina.  De 1998 a 2001 estudou no Conservatório Real de Haia (Holanda), onde concluiu os estudos com Rien de Reede e Thies Roorda. 

Apresentou-se a solo na sala Beurs van Berlage (Amesterdão, 1997) e no Concertgebouw (Amesterdão, 1998 e 1999), integrada nos programas de recitais do Holland Music Sessions. 

Foi bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian, da Associação de Música Educação e Cultura, do Grupo Alcântara e do Instituto Português das Artes do Espectáculo. 

Actualmente é membro da Conservatório Metropolitano de Música de Lisboa.

 

voltar